18 de abr de 2013

Bordando os 53 anos de Brasília





Hoje eu me dei conta de que tenho a mesma idade da capital de meu país de origem. 
Brasília nasceu em 1960, e eu também.
"Brasília" rima com "Cecília".
Brasília tem acento agudo, Cecília também.
Brasília vem de Brasil, Cecília vem do Brasil.
Brasília começa com B, Cecília começa com C.
De 1960 para cá, Brasília cresceu muito.
Cecília também.
Na década de 40 entramos no "enta": enquanto Getúlio Vargas arrebenta, Adolf Hitler torna a História sangrenta...
E a Cecília, pinta com magenta!
Hoje, depois dos 50, Brasília pulsa imponente, e Cecília, ardentemente.
53 para Brasília.
53 para Cecília.
Brasília se liga na mobília e Cecília na família, na Emília, na Lucília, na Marília, na Otília...
Brasília vê políticos e Cecília vê bandidos.
Faturamentos para eles, pensamentos para ela.
Periferias pobres não rimam com galerias nobres!

Postar um comentário