10 de nov de 2012

Poema Palíndromo

Poema Palíndromo
Cíça Mora?

Ame o poema!

A mira na rima
Soa como caos.

Reviver...

Lá vou eu em meu eu oval...

a Rua Laura, 
o céu sueco.
Raiar...

O galo no lago.
Ada nada.
Ada bêbada.

O Ivan ama navio.
Marujos só juram.
A pateta ama até tapa!
A sogra, má e amargosa.

O Cid é médico.
O vovô, 
luz azul.

A sacada da casa... 
Assam a massa, 

arara rara,
Eva, asse essa ave!

Oto come ovo e mocotó
após a sopa.
Ato idiota!

Maria, Serena e Anele saíram...

Ande, Edna!
O casaco!!!
Saíram o tio e oito marias...
Só com o tio somávamos oito moços.

Reviver...
SOS: somos nós!

Aula na Lua?
Luz azul...

Servil, livres...
o Narciso é livre. Servil é o Sicrano.
Livre do poder vil.

E Leda, sacana, ia na casa dele.
Ésio, fale! Ela foi-se!
Ódio do doido.
Ele padece na pele.

O dedo?
O treco certo.
Que peque!

A vida é a diva!

Roda esse corpo, processa a dor.
Reviver...

Lael é Leal.
O romano do namoro.
Laço bacana para panaca boçal.

E assim a missa é.
Somos seres, somos? Seres somos?
Somos.

A mira na rima

Soa como caos. 
Ame o poema!

Palíndromo é uma palavra ou frase 

que tem a propriedade de poder ser lida 
tanto da esquerda para a direita 
quanto da direita para a esquerda. 
Normalmente os sinais ortográficos são desconsiderados.
Para compor este poema eu fui na página http://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_pal%C3%ADndromose olhei todos os exemplos 
que nos deixaram por lá, generosamente. 

Várias frases de várias autorias.

E numa das tardes chuvosas 
do meu São Paulo ensandecido,  
compus o poema acima.

A autoria disto? 

Sei lá! 

As frases já peguei feitas, 
mas a combinação delas 
e o sentido que dei para elas, 
estes sim, 
fui eu quem os fez. 

Mas isso, pouco me importa!

O que eu trago aqui é um material para alguém ler, 
numa tarde chuvosa, 
se não tiver mais nada interessante para fazer.

Uma poesia que pode ser totalmente lida 
de frente para trás e de trás para frente.

Um exercício poético 
usando palíndromos.

Simplesmente esperando
a chuva passar.


Postar um comentário