21 de mar de 2012

A primeira Singer e seus 160 anos de aniversário

Original Singer Sewing Machine


A Singer faz 160 anos.

E esta foi a primeira máquina de costura, inventada por um homem chamado Issac M. Singer.

Ele era cantor.

Singer Company Showroom, New York City

Esta imagem acima  mostra como era o interior do escritório central da empresa IM Singer & Co, em 1857. 

Este showroom ficava no número 458 da Broadway, em Nova York.

Young women sewing, 1899

Acima, uma sala de aula de costura, onde as mulheres costuravam à mão e na Singer. 
A foto foi tirada em 1899 no Colégio Agrícola e Mecânica em Greensboro, 
na Carolina do Norte, EUA.

Singer Treadle Sewing Machine

Acima, uma máquina Singer antiga. 
Ainda hoje podemos ver uma ou outra por aí. 
Minha mãe teve uma dessas e se desfez dela. 
Minha tia também tinha uma e deu para a minha mãe. 
Tenho uma dessas, agora.

Woman using an electric sewing machine, 1925

Esta foto é de mais ou menos 1925 e esta mulher costura numa Singer elétrica.

 Woman and Grandson Quiting a Quilt, 1936

Acima, depois de costurarem esta colcha na Singer, as duas mulheres quiltam à mão (prendem as 3 camadas: tecido de cima, acolchoado e tecido de baixo). 
A foto foi feita em 1936, nos EUA, em Oklahoma.

Daughter sewing with mother, about 1955

Nesta foto acima, tão bonitinha, a mãe costura com a filhinha. 
A foto foi tirada em 1955. 
Faz a conta de quantos anos essa guria já deve ter. Rs...

Child sewing on toy sewing machine, about 1945

E em 1945 foi tirada a foto desta linda menininha, com vestidinho de casinha de abelha, totalmente compenetrada em preparar sua maquininha da Singer para costurar.


A Singer é a minha máquina preferida.
Nunca escondi isso de ninguém.
Apesar de estar me especializando no trabalho à mão, sempre costuro na Singer da minha mãe, que ma emprestou com tanto carinho.

Conheci pessoas ótimas que já trabalharam nesta empresa (uma muito especial, chamada Sueli, que trabalhava na Singer do interior de SP).
E conheço várias pessoas queridas que ainda continuam trabalhando nesta empresa. 
Três delas, inclusive, fizeram o cruzeiro junto comigo, divulgando a máquina, se é que esta beleza de utensílio inda precisa de divulgação: o Fernando, de Porto Alegre e a Marina e a Lourdes, de São Paulo, tão conhecidos dos eventos deste segmento.

Aqui deixo os meus parabéns a estes 160 anos de trabalho contínuo, o meu muito obrigada e... 
bom, a gente vai se vendo por aí.
Postar um comentário