11 de jul de 2011

Mostra Têxtil Portinari - 2011


Olá.
Foi realizada entre os dias 
29 de junho a 3 de julho 
a feira Mega Artesanal de 2011.




Cheia de atrações inusitadas, criativas e interessantes, uma delas era a


MOSTRA TÊXTIL PORTINARI
que aconteceu no Mesanino da Arte, 
no Auditório Embaúba, 
sob minha curadoria.




A Mostra foi muito visitada e apreciada, 
assim como toda a feira.



Artistas brasileiras do segmento do Patchwork 
e da Arte Têxtil deram um baile de beleza 
com seus trabalhos inéditos e criativos.
Vejam algumas fotos panorâmicas da Mostra:





Abaixo, 0s trabalhos que foram expostos.
Poderão ver, primeiro, a obra original do Pintor Cândido Portinari que o artista escolheu fazer.
Depois, a releitura propriamente dita.

Obra 11/17 do tema Retrato/ Família do artista/ Neta


                  Obra: DENISE E O CAVALO
Releitura feita por Gláucia Lanzellotti, 
artista têxtil de São José dos Campos, São Paulo. 

              Obra 25/37 do tema Social/ Paz

Releitura feita por Silvana Greice, de São Paulo, Capital.
É uma fração da obra original.

Obra 190/297 do tema Figura Humana/ Criança/ Menina/Menina com Tranças e Laços

Releitura feita por Ana Bonati, de São Paulo, Capital.

         Obra 11/80 do tema Natureza/ Flores

Releitura feita pela artista Adriana Sleutjes, do Rio Grande do Sul.

Obra 69/205 do tema Natureza/ Paisagem/ Campo/Menino com Pipa

Releitura feita pela artista Rute Sato, de São Paulo, Capital.


Releitura da artista Eliane Machado, de São Paulo, Capital.

Obra 17/111 do tema Cultura Brasileira​/ Espantalho

Releitura da artista Jainia Martins de Oliveira, do interior de São Paulo.


Releitura feita pela artista Lucia Higuchi.
Este trabalho foi confeccionado com lã merina.


Releitura da artista Lucia Higuchi, feita em lã merino.
Trata-se de uma fração da obra "GUERRA", de Portinari.

Obra 156/186 do tema Retrato/ Mulher/ Retrato de Tanita


Esta foi a terceira releitura feita por 
esta artista maravilhosa do Felting,  
a técnica que trabalha com lã de carneiro. 
O nome da obra é "Retrato de Tanita"

Obra 4/4 da Obra Conjunto Associação Civil Clube de Juiz de Fora (azulejos e pastilhas/Cavalo

Releitura feita pela artista Aprile, de São paulo, Capital.

Obra 11/23 do tema Cultura Brasileira​/ Casamento na roça

Releitura feita pela artista Cláudia da Silva Dias, de São Paulo, Capital.

Obra 21/205 do tema Natureza/ Paisagem/ Campo

Outra releitura feita por Cláudia da Silva Dias.

Obra 18/43 do tema Natureza/ Animais/ Peixe

Releitura feita pela artista Myrian Melo, de Minas Gerais.

Obra 30/43 do tema Natureza/ Animais/ Peixe

Releitura feita pela artista Ana Paula Brasil, de São Paulo, Capital

Obra 40/43 do tema Natureza/ Paisagem/ Deserto

Releitura feita pela artista Marta Rosa, 
de São paulo, Capital.
Esta obra é o cenário de um balé e Cândido Portinari desenhou, além dele, também o figurino. 
Marta Rosa escolheu fazer o cenário e algumas peças do figurino, trazendo para a nossa Mostra Têxtil outras possibilidades de trabalhar com tecidos, além das técnicas do Patchwork.

Dos figurinos desenhados por Cândido Portinari, seguem as seis fotos dos originais, escolhidos por esta artista:


O resultado destas micro-releituras da artista Marta Rosa, voc~e pode ver nas fotos abaixo.



Obra 2/72 do tema Natureza/ Paisagem/ Brodowski

Releitura feita pela artista Elza Aidar, de São paulo, Capital.

Obra 24/517 do tema Figura Humana/ Criança/ Menino

Releitura de Cíça Mora, artista e Curadora têxtil.

Esta releitura é o símbolo desta Mostra.
Escolhi fazer esta obra por 3 motivos: por amar traços que, mesmo parcos, são ricos em emoção e simbolismo; por ser o símbolo do Projeto Portinari e da linda luta de João Cândido Portinari, filho do pintor, em divulgar o trabalho de seu pai; e finalmente, por representar a criança. Então, em apoio ao Instituto Zero a Seis, esta releitura lembra o quanto de importância têm nossas crianças, principalmente dos 0 aos 6 anos de vida, e o quanto precisa ser feito por elas nesta fase, no que diz respeito à cultura e à paz.
Esta obra foi doada ao Instituto Zero a Seis.

Obra 28/32 do tema Religioso/ Anjo/ Nossa Senhora d' Aparecida

Releitura da Artista Jainia Martins de Oliveira, de Araras, interior de São Paulo.

Obra 24/111 do tema Cultura Brasileira​/ Espantalho

Esta obra é uma releitura da artista Renata Ataulo, de São Paulo, Capital.

Obra 3/9 do tema Natureza/ Plantas/ Bancada e Futas Tropicais

Esta é a releitura da artista Cida Leme, de São Paulo, Capital.

Obra 16/18 do tema Cultura Brasileira​/ Músicos/ Violonista

Releitura feita pela artista Cristiane da Silva Dias Nunes, de Minas Gerais.

Obra 26/80 do tema Natureza/ Flores

Esta releitura foi feita por 4 mãos, e duas artistas distintas. O fundo é de Kátia Modry e os motivos aplicados são de Mara Silveira Martins, ambas de Porto Alegre, Rio Grande do Sul.

Obra 5/8 do tema Religioso/ Santos/ São Pedro/ São Pedro e o Galo

Esta é uma releitura feita pela artista Maria Lúcia Àzara, do Rio de Janeiro.

Obra 48/133 do tema Natureza/ Animais/ Carneiro/ Menino com Carneiro

Esta obra é uma releitura feita pela artista Cecília Romão, do interior de São Paulo.

Obra 16/48 da Obra Conjunto Balé Iara (cenários e figurinos)/Noivo

Releitura feita pela artista Adalene Ritter, de Caxias do Sul, Rio grande do Sul.

Obra 44/47 do tema Religioso/ Santos/ São Francisco de Assis/São Francisco falando aos pássaros

E encerrando, esta releitura foi feita por Gláucia Lanzellotti, artista de São José dos Campos, São Paulo.
Gláucia é esta que divide a foto com seu trabalho.
Em seu sorriso está sacralizada a alegria que pude perceber em todos os que participaram deste projeto.

Alguns artistas, por motivos de saúde, não puderam participar desta Mostra. 
Mas seguem fazendo os seus trabalhos e logo os teremos junto aos nossos, para nosso deleite, em Mostras vindouras.
Obrigada a todos pela participação.
Torço pelo pronto restabelecimento de todos vocês.
Por conta destes trabalhos que não foram entregues, vários trabalhos que não eram releituras de Portinari entraram para a Mostra, de modo que não ficasse nenhum buraco, dado que tudo é arrumado antecipadamente.
Por esta razão, o meu agradecimento especial a todas as artistas que cederam os seus trabalhos com tanto carinho e sem nenhuma restrição. Vocês são, realmente, muito especiais.

Obrigada a Cândido Portinari por preencher nossas vidas com o que há de melhor na Arte Brasileira.

Obrigada ao querido professor João Cândido Portinari, filho do mestre, que acolheu este projeto desde o início com tanto carinho.

Obrigada às pessoas que divulgaram este projeto, no boca a boca e na mídia, ajudando o segmento da Arte Têxtil a conquistar ainda mais respeito.

Obrigada às pessoas que cederam gentilmente suas fotos, CDs com gravações e cópias de matérias para que pudéssemos divulgar e documentar este projeto.

Obrigada a João Augusto Figueiró e por sua infinita amizade e apoio.

Obrigada à equipe maravilhosa da WR, ao Higor e principalmente aos seus organizadores Wander e Rita Mazzotti, por sempre acreditarem e sempre apoiarem.

Obrigada às minhas amigas Drão e Glau, que me apoiaram em todos os momentos, na retaguarda do evento.

E obrigada, acima de tudo, a todas as artistas que participaram e que confiaram em minha curadoria.
Sem vocês e seus respectivos trabalhos, minhas doces, talentosas e queridas artistas e amigas, nada disso teria sido possível!

Um beijo enorme a todos, e um abraço maior ainda, do tamanho da PAZ que Portinari pintou.

Aqui uma matéria virtual muito bem feita por Jéssica Moraes.

E aqui, outra matéria no Guia da Folha.

Há também um vídeo com uma entrevista minha no Jornal das 10:00h, na Globo News, falando da Mostra Têxtil Portinari. Mas ainda não consegui colocá-lo aqui. Assim que der, eu o colocarei.
Postar um comentário